Demo
  • HOME
  • Dicas de Prevenção

Câncer de Testículo

Os testículos, órgãos localizados dentro da bolsa escrotal são responsáveis pela produção dos espermatozoides e da testosterona, hormônio sexual masculino. Embora se trata de um tumor raro, responsável por apenas 0,5 a 1% dos tumores que afetam os homens, a grande importância e preocupação com o câncer de testículo consiste no fato de ser a neoplasia maligna mais frequente em jovens, predominante entre 15 e 35 anos, período de plena atividade produtiva e reprodutiva. Felizmente, com o diagnóstico precoce e tratamento adequado, as taxas de curas são elevadas.

Continue Lendo

Câncer de Pele

O que é o câncer de pele?

O câncer de pele é uma forma de tumor que ocorre por um desenvolvimento anormal das células da pele, que se multiplicam desordenadamente até formarem um tumor maligno.

No Brasil, estimativa de incidência no ano de 2014 foi de cerca de 186 mil casos novos, sendo que, infelizmente, essa estatística tem se mostrado sempre crescente na ultima década.

O câncer de pele é uma doença que tem cura, desde que tratada de forma adequada e principalmente se descoberto no início.

Continue Lendo

Câncer de Mama

O que é?

O Câncer de Mama, devido à sua frequência e agressividade, é um dos mais temidos pelas mulheres. É pouco comum antes dos 35 anos, mas, à medida que aumenta a idade, atinge um número cada vez maior de mulheres.
Entre as brasileiras, é o segundo câncer mais frequente, superado apenas pelo câncer de pele. Estima-se que em 2016 tenha cerca de 57.960 casos novos de câncer de mama.

Observação: Não podemos esquecer que homens também podem ter câncer de mama.

Continue Lendo

Câncer de Próstata

A Urologia é a especialidade médica que trata das patologias do sistema reprodutor masculino e do aparelho urinário masculino e feminino.

Continue Lendo

Câncer de Colo Uterino

O que é colo uterino?

Situa-se na parte inferior do útero e comunica a vagina com o útero por meio de um orifício. É por esse orifício que a menstruação escoa através da vagina, e que o espermatozóide entra no útero e alcança a tuba uterina para se encontrar com o óvulo e formar o zigoto (futuro embrião) e por onde o feto sai durante o parto vaginal. É a parte do útero que o médico ginecologista visualiza quando coloca na vagina um aparelho chamado espéculo.

Continue Lendo

REDES SOCIAIS

fb   yt